NOTÍCIAS

19.06.2019:

Diárias: Saiba quanto gastou cada prefeito e vice de Horizontina nos primeiros dois anos de cada gestão

O Jornal Novo Horizonte realizou levantamento sobre o valor das diárias que o município de Horizontina gastou com prefeitos e vice-prefeitos nos dois primeiros anos de gestão, dos últimos três governos e do atual. Os dados constam no Portal da Transparência do site da prefeitura municipal e podem ser consultados por qualquer munícipe.

Nos 8 anos pesquisados, os quatro prefeitos e os quatro vice-prefeitos gastaram juntos em diárias a quantia de R$ 194.351,73. João de Oliveira Borges e Eduardo Horst, o Nico, prefeito e vice-prefeito de Horizontina em 2005 e 2006, gastaram a importância de R$ 83.794,94, e foram os administradores que tiraram mais valores em diárias nos dois primeiros anos de gestão. Em segundo lugar vem os gestores Nildo Hickmann e Dionir Bianchi, prefeito e vice-prefeito em 2013 e 2014, que gastaram o valor de R$ 50.110,20, seguidos por Irineu Colato e Ricardo Sauer, prefeito e vice-prefeito, respectivamente, em 2009 e 2010, que gastaram juntos em diárias o valor de R$ 41.851,70. Os atuais gestores do município, Antônio Lajús e Jones Cunha, gastaram em diárias nos dois primeiros anos do atual governo a importância de R$ 18.594,80.

Quando se analisa somente o valor que cada prefeito gastou em diárias nos dois primeiros anos de cada gestão, a pesquisa aponta que Irineu Colato (PP), foi o mandatário municipal que mais retirou valores em diárias. Foram exatos R$ 40.167,99 que o gestor nos anos de 2009 e 2010 recebeu da prefeitura municipal. Em segundo lugar vem Nildo Hickmann (PT), prefeito de Horizontina em 2013 e 2014, que recebeu o valor de R$ 38.261,40. João de Oliveira Borges (PDT), prefeito em 2005 e 2006, recebeu dos cofres públicos a importância de R$ 31.187,73. Já o atual prefeito de Horizontina, Antônio Lajús, nos dois primeiros anos de governo não retirou nenhum valor em diárias. Quando cumpre agenda no estado ou fora dele, Lajús cobre suas despesas com recursos próprios.

A pesquisa realizada pelo NH também apontou que entre os vice-prefeitos, Nico Horst (PTB), vice-prefeito de João de Oliveira Borges, foi o que mais retirou valores em diárias nos dois primeiros anos de governo. Em 2005 e 2006, Nico recebeu a importância de R$ 52.612,21. Em segundo lugar vem Jones Cunha (PDT), atual vice-prefeito de Horizontina, que, em 2017 e 2018, recebeu a quantia de R$ 18.594,80. Na terceira colocação está Dionir Bianchi (PSB), vice-prefeito em 2013 e 2014, que recebeu do Erário o valor de R$ 11.848,80. Ricardo Sauer (MDB), vice-prefeito em 2009 e 2010, recebeu em diárias o valor de R$ 1.683,80. Ricardinho, diferentemente dos demais vice-prefeitos, não cumpria agenda no dia a dia na prefeitura municipal, somente no período de férias do então prefeito Colato.

 

COMENTAR NOTÍCIA

OUTRAS NOTÍCIAS

VOLTAR IR AO TOPO