NOTÍCIAS

02.09.2019:

Dados do CAGED confirmam: pelo sétimo mês consecutivo Horizontina apresenta crescimento na geração de empregos

Pelo sétimo mês consecutivo, houve geração de emprego formal em Horizontina, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) divulgados na última sexta-feira, 23, pelo Ministério da Economia. Em julho, foi registrada a abertura de 9 vagas de trabalho com carteira assinada, crescimento de 4,90% em relação ao estoque de junho.

O indicador mede a diferença entre contratações e demissões. O saldo positivo em julho deste ano foi resultado de 121 admissões contra 112 desligamentos. Em julho de 2018 o resultado foi menor, com saldo positivo de 7.
Nos sete meses do ano, foram criados 193 postos de trabalho (1.043 admissões e 850 desligamentos). Na comparação com o mesmo período de 2018, houve crescimento de 544%. O resultado de janeiro a julho deste ano é o melhor para o período desde 2013 (270).
Dos oito setores econômicos, dois contrataram mais do que demitiram em julho. O saldo ficou positivo na agropecuária (5) e comércio (14). Indústria de transformação (6), construção civil (1) e serviços (3) descreveram saldo negativo. Os setores de administração pública e de extrativa mineral não tiveram movimentação, e no serviço industrial de utilidade pública, o número de contratações e demissões foi igual.

Doutor Maurício Cardoso

Segundo o Ministério da Economia, Doutor Maurício Cardoso registrou queda de vagas no mercado formal de trabalho em julho. No período, houve fechamento de 25 vagas com carteira assinada, resultado das 8 admissões e dos 33 desligamentos. Nos primeiros sete meses do ano foram fechados 18 postos de trabalho (90 admissões e 108 desligamentos).

Três de Maio

O mês de julho registrou em Três de Maio o fechamento de 14 vagas de trabalho formal (152 admissões e 166 desligamentos). No acumulado do ano, o município registra saldo positivo de 22 novos empregos, com 1.316 contratações e 1.294 demissões.

Tucunduva

O município de Tucunduva fechou o mês de julho, segundo dados do CAGED, com saldo positivo de 6 novos empregos com carteira assinada, resultado das 24 contratações e das 18 demissões. Nos primeiros sete meses do ano, o município assinala saldo positivo de 2 novos postos de trabalho (183 admissões e 181 desligamentos).

Santa Rosa

O maior município da região registrou no mês de julho a abertura de 82 vagas de trabalho com carteira assinada (726 admissões e 644 desligamentos). Entretanto, no acumulado do ano, Santa Rosa registra mais demissões do que contratações e fecha o período no vermelho com o fechamento de 63 vagas (4.503 contrações e 4.566 demissões).

Três Passos

Considerada a capital da Região Celeiro, o município de Três Passos registrou no mês de julho o fechamento de 27 postos de trabalho com carteira assinada, resultado das 153 contratações e das 180 demissões. Diferentemente de Santa Rosa, porém, o município fecha os primeiros sete meses do ano com um saldo positivo de 94 novos empregos. Foram, no período, 1.181 admissões e 1.087 demissões.

 

COMENTAR NOTÍCIA

OUTRAS NOTÍCIAS

VOLTAR IR AO TOPO