NOTÍCIAS

09.09.2019:

Vereadores Lucas e Diogo afirmam que são pré-candidatos a prefeito de Horizontina

Credenciados pelos mais de 1.600 votos conquistados juntos na eleição de 2016, os vereadores Lucas Stoll e Diogo Weiss, ambos do Progressistas, afirmaram na última semana que são pré-candidatos a prefeito de Horizontina em 2020. A declaração foi dada em entrevistas a alguns veículos de comunicação do município, entre eles, o Jornal Novo Horizonte.

Tanto Lucas como Diogo afirmaram que seus nomes estão à disposição da comunidade e que seus posicionamentos não são um fogo de palha ou tampouco um balão de ensaio.

“Sabemos que o partido tem outros bons nomes à disposição e que assim como nós também buscam o melhor para o município, mas entendemos que a votação expressiva conquistada por nós em 2016, somada à avaliação positiva do que sentimos que a comunidade faz do nosso trabalho legislativo, nos credenciam a nos colocar como pré-candidatos a prefeito no ano próximo ano”, destacam os progressistas.

Uma corrente dentro do partido em que fazem parte, embora reconheçam o trabalho que os dois realizam, sinalizam que ambos são muito jovens para um cargo da magnitude de prefeito de Horizontina. Lucas refuta esse posicionamento.

“A idade é uma condicionante muito pequena para avaliar se a pessoa tem ou não tem capacidade de administrar o município e é um balizador que pode ser nocivo para o município. Temos hoje um prefeito que está fazendo um bom trabalho e tem mais de 70 anos. Temos um pré-candidato do Progressistas que terá na eleição municipal 75 anos. E nós teremos 34 anos. Não acredito que somos muito jovens, temos bons anos de trabalho junto à política e à comunidade horizontinense”, destaca. Diogo comunga da mesma opinião e acrescenta dizendo que o PP tem o prefeito mais novo e o mais velho do estado.

Quando indagados sobre possíveis coligações, os dois vereadores praticamente refutaram a possibilidade de se aliar a partidos com ideologias totalmente diferentes a seus pensamentos, entre eles o PT. Embora destacam a pessoa do ex-prefeito Nildo Hickmann e o trabalho que ele realizou quando esteve à frente do Executivo municipal, Lucas e Diogo sinalizam que uma coligação entre eles e o PT se tornaria inviável.

“Se você tiver uma divergência ideológica muito grande, água e vinho como é o nosso caso a nível estadual e federal eu vejo que uma coligação PP e PT, tirando fora as pessoas e falando somente em partidos, não traria convergência que o município precisa”, disse Lucas. Diogo acrescentou: “Tem pessoas aqui em Horizontina que estão filiadas em partidos e tem posicionamentos políticos totalmente diferentes das ideologias pregadas por suas siglas. Mas nós, como legisladores e pré-candidatos, representamos o nosso partido e neste momento não vejo viável esse tipo de coligação”.

Lucas e Diogo disseram ainda que no momento certo, de forma consensual entre ambos, definirão qual dos dois colocará seu nome como pré-candidato na convenção partidária do ano que vem. Em relação ao partido, destacam que o Progressistas é um grande partido, com excelentes lideranças e que se os convencionais entenderem que outro nome deve ser escolhido, democraticamente aceitarão a decisão e possivelmente buscarão a reeleição no Legislativo municipal.

COMENTAR NOTÍCIA

OUTRAS NOTÍCIAS

VOLTAR IR AO TOPO